Searching for

Enviar eventos personalizados

Depois de instalar o código de rastreamento (tracker) nas páginas que você pretende acompanhar, a melhor maneira de entender o comportamento dos seus contatos e usuários é através do envio de eventos personalizados.

Como funciona o envio de eventos?

Os eventos registrados pelo método pipz.track() podem ser qualquer ação realizada pelo usuário dentro do website ou app. Quando ativados, esses eventos são enviados ao nosso sistema e vinculados ao perfil do contato - quando identificados - para que você possa visualizar todo o caminho percorrido pelo usuário, desde sua primeira visita ao seu website até o último recurso utilizado por ele.

Envio de eventos personalizados

Eventos podem ser ativados tanto por usuários anônimos quanto identificados. A principal diferença é que nos usuários identificados o evento é vinculado ao perfil do contato, enquanto em usuários anônimos o evento é registrado, mas não vinculado a nenhum contato.

Como usar o método Track

O registro de eventos personalizados em seu website ou app acontece quando o código de rastreamento (tracker) recebe uma chamada pipz.track(). Como se trata de um snippet JavaScript, o código precisa ser adicionado entre as tags <script> e </script> caso seja enviado através do seu website.

Veja como a chamada pipz.track() deve ser construída:

pipz.track(event, [properties])

O campo event é o nome do evento que você pretende rastrear, e pode ser qualquer ação definida por você. Por exemplo: Realizou uma compra, Fez upgrade, ou Realizou um cadastro. Quando o evento for disparado por algum contato ou usuário, você poderá vê-lo em tempo real no menu Events.

Recomendamos que você mantenha a consistência na nomenclatura dos eventos e utilize um verbo no passado para indicar a ação ocorrida e facilitar o entendimento.

O campo properties é um objeto com as propriedades do evento, e você pode enviar quantas propriedades quiser. Tenha em mente que você não pode enviar objetos dentro de outros objetos no campo properties: todas as propriedades devem estar no primeiro nível.

Veja abaixo um exemplo de chamada pipz.track() com diferentes atributos personalizados preenchidos:

pipz.track('Downloaded Ebook', {
      title: 'Growth Hacking 101',
      language: 'English',
      pages: '63',
      author: 'Pipz Automation'
});

O código JavaScript acima gera um evento com o nome 'Downloaded Ebook', com o objetivo de informar que o contato fez o download de um ebook cujo título é 'Growth Hacking 101', de 63 páginas, escrito na língua inglesa pela equipe do Pipz Automation.

Digamos que você deseja enviar o evento acima a cada clique do botão de download deste ebook. Abaixo está o código que enviaria este evento para o Pipz toda vez que o botão fosse clicado:

<button onclick =
    "pipz.track('Downloaded Ebook', {
         title: 'Growth Hacking 101',
         language: 'English',
         pages: '63',
         author: 'Pipz Automation'
    });"
>Baixe este ebook!</button>

Se você utiliza ou já utilizou o aplicativo Segment, já deve estar familiarizado com esta sintaxe de eventos. Afinal, procuramos desenvolver nossa biblioteca de maneira que seja compatível com a biblioteca de eventos do Segment.

Onde posso usar eventos e suas propriedades?

Eventos podem ser utilizados para você criar segmentações com base na realização dos mesmos, e filtrar os contatos de acordo com suas interações no seu site ou produto. Além disso, você poderá criar relatórios para exibir, por exemplo, quais contatos executuram mais a ação de download de ebook e quantos ebooks cada contato baixou.

Além de poder realizar esses tipos de análises, eventos e suas propriedades podem ser utilizadas em automações dentro do Pipz, tanto para iniciar uma automação como para checar condições utilizando o step Conditions da automação.

Utilizando o mesmo exemplo, é possível iniciar uma automação assim que um usuário fizer o download de qualquer ebook, usando o evento Downloaded Ebook como disparo da automação.

Usar evento como trigger da automação

Ou então você pode usar os atributos do evento para iniciar automações apenas em situações específicas, como por exemplo quando a propriedade language tiver valor igual a English.

Usar atributo do evento no trigger da automação

Além de iniciar fluxos de automação, os eventos e seus atributos podem ser utilizados para condicionar a passagem do contato para o próximo passo da automação. Usando um passo Condition, você pode definir que apenas leads que baixaram ebooks que contém 'Growth' em seu título devem prosseguir no caminho da automação, utilizando para isso o atributo title.

Usar atributo do evento para condicionar uma automação

As propriedades dos eventos não são salvas no sistema, portanto você não consegue utilizar essas informações em outro local além das automações. Já o nome do evento é sempre salvo e você pode usar em relatórios e segmentações, por exemplo.